Coats

Rain drops

Nosso enfoque

Problemas materiais

Nós desenvolvemos uma abordagem robusta para a “avaliação de materialidade” para focar no que é importante para o nosso negócio. Nós usamos isso para identificar prioridades relevantes em cada um desses temas e para informar o nosso programa de CR anual e planos de ação.

Durante 2017, nós repetimos nossa avaliação de materialidade global e fizemos uma avaliação específica de risco aos direitos humanos para identificar as áreas de maior risco, tanto em nossas próprias operações comerciais quanto nas dentro de nossa cadeia de suprimentos. Nós mapeamos nossas operações e as de nossa cadeia de suprimentos para identificar riscos específicos da indústria/setor, assim como os riscos da localização geográfica.

Para identificar riscos específicos do país, levamos em consideração uma série de referências externas e índices em nosso processo de avaliação de risco, incluindo o Índice de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas, o Índice de Direitos Globais da ITUC, Liberdade no Mundo Civil da Freedom House, % de crianças de 5 a 14 anos envolvidas em trabalho infantil da UNICEF, Tráfico Humano do Departamento de Estado dos EUA, e o Índice de Percepções de Corrupção da Transparência Internacional.

Nossa estrutura de avaliação mede a importância relativa de questões específicas de CR, tanto para o nosso negócio quanto para os acionistas, e o gráfico abaixo ilustra essas áreas identificadas como importantes.

Para cada uma das áreas materiais identificadas, nós revisamos nossas políticas e procedimentos para identificar quaisquer lacunas em nossos processos. Durante 2018, continuaremos desenvolvendo planos e metas para tratar desses problemas materiais e realizaremos uma avaliação de direitos humanos mais detalhada em nossas operações.